Brunch

Como sabem, já fui algumas vezes e gosto muito de passear em Buenos Aires e arredores, sendo que dessa vez fiz questão de ir ao BRUNCH no restaurante L’Orangerie, do Alvear Palace Hotel – em Recoleta.
Para aperfeiçoar o trabalho que faço em decoração de mesa e etiqueta `a mesa, não poderia deixar de conhecer mais uma das inúmeras opções de como fazer e servir um BRUNCH.
Havia uma mesa enorme de entradas com variedades incríveis de queijos, frios, cogumelos e pães; camarão, vieira, ostra, lula, polvo e caviar, cordeiro, pato de pequim, lombo com cogumelos, ravioli de salmão, sushis, sashimis e crepes, dentre outros.
Para completar essa maravilha gastronômica tinham as delicadas e deliciosas sobremesas e ainda, o café com petit four.
Um serviço impecável, montagem de mesa seguindo todas as regras da etiqueta, com troca de talheres e pratos sem que a gente nem percebesse, e lógico taças em cristal para servir os vinhos, os champagnes, água e sucos.
Quanta satisfação e prazer, heim!!!!

Como organizar um BRUNCH?

Os eventos que acontecem pela manhã podem ser comemorados com um delicioso brunch, pois ele confere um caráter descontraído e proporciona um delicioso encontro entre amigos e familiares.
O brunch é uma invenção americana que mistura o breakfast (café da manhã) com o lunch (almoço) e funciona com todas as vantagens destas duas refeições. Geralmente começa entre o café manhã e almoço, então sugiro que marque o evento por volta das 11:00, podendo organizar tudo com calma, e terminar por volta das 17:00, deixando seus convidados a vontade para fazer outra programação à noite.

O serviço à americana é perfeito para esta ocasião, pois utiliza-se de buffet – pode deixar a mesa posta com todos os alimentos, e quem for chegando pode se servir a vontade.
A grande vantagem do brunch é que você pode preparar tudo com antecedência, e não precisa ficar naquela correria entre cozinha e sala, aproveitando muito mais a conversa e a companhia do seus convidados.
Não esqueça de contratar um ajudante para manter as bandejas com os alimentos bem arrumados e fazer a reposição sempre que necessário, além de regularmente retirar pratos e copos usados.

Como é uma junção entre duas refeições principais, o brunch não pode ter apensas os pratos de um café da manhã comum, é necessário incluir alguns pratos quentes. O ideal é que você ofereça uma variedade de alimentos, pois assim além de agradar a todos, certamente terá uma mesa mais bonita.

Para fazer um bom brunch, é necessário que os produtos sejam extremamente frescos. Uma boa dica para mantê-los na temperatura ideal é usar bowls com gelo, e se houver pratos quentes eles precisam estar permanentemente aquecidos com ajuda de réchauds.

Sirva sempre em porções pequenas e variadas, como se fosse um menu degustação, dando a oportunidade do seu convidado experimentar um pouco de tudo. Não existe uma regra para criar o cardápio exato, mas darei dicas no meu curso e aqui deixarei algumas fotos.

Use a criatividade e bom apetite!

brunch23

brunch1

brunch2

brunch3

brunch4

brunch5

brunch6

brunch7

brunch8

brunch9

brunch11

brunch12

brunch16

brunch17

brunch18

brunch19

brunch20

brunch21

brunch22

imagem19

(0) Comentar
Deixe o seu comentário

Topo